PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Fumaça de incêndios na Austrália pode chegar ao Rio Grande do Sul

De acordo com a empresa Somar Meteorologia, ao alcançar parte do Chile e da Argentina, colunas de fumaça poderão chegar ao Rio Grande do Sul

15:09 | 07/01/2020
As queimadas ocorrem desde setembro e já destruíram mais de 4 milhões de hectares no país da Oceania. No Brasil, o risco de aproximação começa pelo Rio Grande do Sul.
As queimadas ocorrem desde setembro e já destruíram mais de 4 milhões de hectares no país da Oceania. No Brasil, o risco de aproximação começa pelo Rio Grande do Sul. (Foto: (Saeed Khan/AFP))

Os incêndios florestais na Austrália já duram aproximadamente quatro meses e, nesta segunda-feira, 6, ganharam uma nova proporção. Imagens de satélites da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), dos EUA, apontam que a fumaça que antes afetava apenas a região, cruzaram o Oceano Pacífico e chegaram em algumas partes do Chile e da Argentina. As informações são do Portal G1. 

Além desses locais, há também a possibilidade da fumaça chegar no Rio Grande do Sul ainda nesta terça-feira, 7, conforme previsão da Somar Meteorologia.

Apesar da chegada da coluna de fumaça, o Instituto Climatempo afirma que não haverá mudança no regime de chuvas e temperatura na região. A instituição alerta que poderá ser notado um céu avermelhado durante o pôr do sol.