PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Polícia encontra adolescente desaparecido há dois anos na casa de suspeito de pedofilia

Os policiais que localizaram o jovem de 15 anos não confirmaram indícios de que ele estivesse no local contra sua vontade. A mãe acredita que o filho possa ter sido manipulado pelo suspeito preso

12:12 | 23/12/2019

Um adolescente desaparecido há dois anos foi encontrado escondido na residência de um suspeito de pedofilia e a polícia alemã ainda não conseguiu determinar se o jovem estava "retido contra sua vontade" ou se foi "manipulado", como afirma sua mãe.

Na sexta-feira, durante uma operação na casa de um homem de 44 anos suspeito de distribuir pornografia infantil em Recklinghausen, a polícia encontrou M., de 15 anos, escondido em um armário.

Até o momento não há nada que indique que o adolescente tenha sido obrigado a ficar com o indivíduo.

M., que está recebendo apoio psicológico, desapareceu em junho de 2017, depois de abandonar o centro para menores de idade em que morava desde a morte de seu pai.

"Quero visitá-lo no Natal", declarou sua mãe, de 53 anos, ao jornal Bild.

A decisão sobre quando M. poderá retornar para casa "depende dos médicos, não da polícia", afirmou nesta segunda-feira um porta-voz da polícia à agência notícias DPA.

Muitas perguntas, no entanto, continuam sem respostas no caso descrito pela imprensa alemã como "milagre de Natal", incluindo como o jovem parou no apartamento ou se ele poderia ou não deixar o local a qualquer momento.

Os agentes que o encontraram afirmaram que não viram indícios de que ele estivesse no local contra sua vontade, de acordo com a polícia.

A mãe, que encontrou o filho na sexta-feira, expressou dúvidas. "O homem com quem o encontraram deve tê-lo manipulado", disse ao Bild, antes de afirmar que ele estava com a mesma roupa de quando desapareceu.

O suspeito de pedofilia permanece detido.