PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Prefeita de cidade na frança baixa decreto "proibindo" habitantes de morrerem aos fins de semana

O fato ocorre após a revolta gerada pela morte de um habitante no último dia 1º de dezembro. Entenda.

21:12 | 15/12/2019

Anúncio no mínimo curioso da prefeita da cidade francesa de La Gresle, Isabelle Dugelet deixou a população surpresa. Ela divulgou decreto que "proíbe" as pessoas de morreram aos fins de semana.

O motivo? Falta de médicos. O fato ocorre após a revolta gerada pela morte de um habitante no último dia 1º de dezembro. Após o óbito, horas se passaram até que se conseguisse um atestado de óbito pois não havia médico para assinar o falecimento.

Foram mais de duas horas para achar um profissional de saúde, de acordo com o portal de notícias Uol, com informaçõesa da AFP. Na ocasião, foi sugerido que policiais assumissem a tarefa, fato que foi considerado ultrajante pela prefeita. "Uma incrível falta de respeito com as famílias", disse ela.

"Uma morte recente em uma tarde de domingo trouxe uma prova do absurdo de um sistema, ao qual a prefeita responde com um decreto absurdo", declarou Isabelle Dugelet.