PUBLICIDADE
Mundo
Noticia

Prefeita boliviana tem cabelo cortado a força por manifestantes

Ela teve o cabelo cortado, pintado de rosa e foi levada a força e descalça, por vários quarteirões, sob gritos de "assassina"

11:19 | 08/11/2019

A prefeita da pequena cidade de Vinto, na Bolívia, Arce Guzman, teve seu cabelo cortado à força por manifestantes na noite desta quarta-feira, 6. Os homens mascarados, opositores a Evo Morales, invadiram a prefeitura e levaram a política do partido MAS (Movimento ao Socialismo), segundo o jornal Folha de S. Paulo.

Ela teve o cabelo cortado, pintado de rosa e foi levada ainda, a força e descalça, por vários quarteirões sob gritos de “assassina”. Os manifestantes pediram também a renuncia da boliviana, que só foi resgada com a chegada dos policiais. Arce foi levada ao hospital e recebeu tratamento médico.

A cidade de Vinto fica na região de Cochabamba, local onde acontece protestos envolvendo opositores e apoiadores do governo de Evo Morales. Os acontecimentos começaram após a reeleição do presidente, em outubro deste ano. No local, foi registrada a morte de estudante Limbert Guzmán, de 20 anos, por traumatismo craniano grave. Os protestos deixaram ao menos 50 feridos.

Em sua conta no Twitter, o presidente da Bolívia lamentou a morte do jovem e culpou "grupos políticos que incentivam o ódio racial entre os irmãos bolivianos".

Confira o comunicado na integra:

Lamento profundamente a morte do jovem Limbert Guzmán, vítima inocente da violência promovida por grupos políticos que incentivam o ódio racial entre os irmãos bolivianos. Reitero meu chamado à paz social para restaurar a paz em nosso povo.