PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Mulher dá à luz a menina aos 67 anos e pode quebrar recorde mundial

Se comprovada a gravidez concebida naturalmente, Tian pode ser a mulher mais velha do Mundo a ter um bebê

19:54 | 28/10/2019
Tian já tinha dois filhos, incluindo um nascido em 1977, pouco antes da aplicação da política do filho único imposta para impedir a explosão populacional na China.
Tian já tinha dois filhos, incluindo um nascido em 1977, pouco antes da aplicação da política do filho único imposta para impedir a explosão populacional na China. (Foto: Reprodução)

Com 67 anos de idade, Tian, moradora de Shandong, na China, deu à luz a uma menina na última sexta-feira, 25. Ela diz ser a chinesa mais velha a ter um bebê, por meio de gravidez concebida naturalmente. O bebê veio ao mundo através de uma cesariana.

A maternidade de Zaozhuang, local onde Tian teve sua bebê, em entrevista à AFP, não deu mais detalhes sobre o processo de concepção, uma vez que a mulher havia entrado em contato com o estabelecimento quando ela já estava grávida. O marido de Tian comemorou o nascimento de sua filha, chamada de Tianci, afirmando que "a menina é um presente do céu".

De acordo com o jornal local Jinan Times, Tian já era mãe de dois filhos, sendo um deles nascido em 1977. Este ano antecede - por pouco tempo -, a aplicação da política do filho único na China, lei imposta para conter a explosão populacional no país asiático.

Recorde mundial

Caso a naturalidade da gravidez seja confirmada, o nascimento de Tianci pode quebrar recorde mundial de 22 anos. Em 1997, uma mulher britânica de 59 anos deu luz à uma criança, conforme o livro do Guinness. Quando o assunto é fertilização in vitro, o título pertence a María del Carmen Bousada Lara, mãe de gêmeos em 2006, quando ela estava prestes a completar 67 anos. Dois anos depois, María morreu de câncer.