PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Conselho Permanente da OEA recebe chanceler da Bolívia

18:41 | 23/10/2019

O Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA) irá se reunir em uma sessão extraordinária, amanhã (24), em Washington, capital norte-americana, para receber o ministro das Relações Exteriores da Bolívia, Diego Pary Rodríguez, em meio a questionamentos sobre a realização ou não do segundo turno das eleições bolivianas. O ministro deverá apresentar relatório sobre o processo eleitoral realizado no país no último domingo (20).

A OEA, por meio de sua missão de observação eleitoral na Bolívia, divulgou ontem (22) nota em que condena "todos os atos de violência ocorridos nos nove departamentos do país". Os atos forçaram a interrupção da contagem final de votos departamentais em La Paz, Cochabamba, Chuquisaca, Potosí, Oruro e Beni.

O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou quarta-feira (22) que as paralisações na Bolívia questionando a lisura do pleito e pressionando para a realização de um segundo turno têm motivações políticas e configuram um golpe de Estado. Foi o primeiro pronunciamento público de Morales desde o início da contagem de votos, que foi interrompida e implicou um impasse.

Hoje (23), com 96,78% das atas verificadas, a contagem mostra uma diferença de 9,48 pontos percentuais entre os dois candidatos mais votados, o que, se mantida, significaria um segundo turno.

A reunião do Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos com o ministro das Relações Exteriores da Bolívia, Diego Pary Rodríguez, será transmitida - com interpretação em espanhol, inglês, francês e português - ao vivo no site da OEA e na página oficial da OEA no Facebook.