PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Erdogan ignora sanções e rejeita cessar-fogo

07:55 | 16/10/2019
As sanções anunciadas pelos EUA, na segunda-feira, dia 14, parecem não ter abalado o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan. Nesta terça-feira, 15, o canal estatal TRT e o site de notícias T24 revelaram que Erdogan conversou por telefone com Donald Trump e disse que não negocia com terroristas.
Mais tarde, a caminho de uma reunião de gabinete, Erdogan disse que ignorou os pedidos de Trump por um cessar-fogo. "Nunca declararemos cessar-fogo, porque estamos estabelecendo uma zona de segurança na fronteira", disse o presidente turco. "Não tenho absolutamente nenhuma preocupação com sanções."
Se as medidas de Trump não surtiram efeito, o Congresso promete apertar mais o cerco à Turquia. A presidente da Câmara, a democrata Nancy Pelosi, disse ontem que negocia com o senador republicano Lindsey Graham a aprovação de uma lei que "reverta" a decisão de Trump de retirar as tropas da Síria.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.