PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Polícia de Hong Kong impede protestos em aeroportos, mas manifestações continuam

23:24 | 09/09/2019
A polícia de Hong Kong impediu outro protesto em aeroporto de ativistas pró-democracia, mas teve que lidar com manifestantes em estações de metrô neste sábado, em meio à agitação que já dura meses e não parece diminuir mesmo após concessão do governo dias atrás.
A polícia montou locais de vistoria nas ruas e fez inspeções em passageiros de trens e ônibus em direção ao aeroporto para retirar manifestantes. Um jornalista da Associated Press em uma área próxima ao aeroporto presenciou ao menos dois passageiros de ônibus sendo algemados e retirados após a polícia encontrar máscaras em suas mochilas.
Centenas de manifestantes, muitos mascarados, se reuniram numa estação de metrô em área próxima ao aeroporto. Eles cantaram e chamaram a polícia de "assassinos".
O aeroporto de Hong Kong, o oitavo mais movimentado do mundo, tem sido alvo frequente durante um verão de protestos motivados por um projeto de extradição que permitiria que suspeitos fossem enviados à China continental para julgamento, algo visto por muitos como um exemplo da queda na autonomia do território desde que ele foi retornado à China em 1997. A chefe de governo de Hong Kong, Carrie Lam, anunciou na quarta-feira que o governo retiraria o projeto, o que não acalmou manifestantes, que expandiram suas reivindicações para incluir outros assuntos.