PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Irã afirma que agora usa centrífugas mais avançadas para enriquecer urânio

23:25 | 09/09/2019
Teerã, 07/09/2019 - O Irã afirmou neste sábado que agora usa centrífugas avançadas proibidas no acordo nuclear de 2015, que põem enriquecer urânio "muito além" dos níveis atuais, dando mais um passo na direção contraria ao acordo e alertando que a Europa tem pouco tempo para oferecer novos termos.
Embora insista que o Irã não busca armas nucleares, os comentários de Behrouz
Kamalvandi, da organização de energia atômica do Irã, ameaçam elevar níveis de enriquecimento de urânio muito além de qualquer patamar já alcançado pelo país. Antes do acordo, o Irã chegou a 20%, que tecnicamente fica apenas um passo abaixo dos 90% necessários para que o nível de armas seja alcançado.
A medida ameaça aumentar ainda mais as tensões entre Estados Unidos e Irã, mais de um ano depois de o presidente norte-americano Donald Trump unilateralmente retirar os EUA do acordo nuclear e impor sanções à economia iraniana. Ataques misteriosos no Estreito de Hormuz, a derrubada de um drone dos EUA e outros incidentes aconteceram após a decisão de Trump. Fonte: Associated Press