PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Reino Unido: oposição na Câmara dos Comuns pede debate emergencial sobre Brexit

23:01 | 09/09/2019
Parlamentares de oposição no Reino Unido e até alguns conservadores, como o ex-ministro das Finanças Philip Hammond, protocolaram nesta terça-feira, 3, um pedido na Câmara dos Comuns para que um debate emergencial sobre o Brexit ganhe prevalência sobre qualquer outra matéria, inclusive as do governo, e seja realizado no plenário. O presidente da Casa, John Bercow, vai apreciar o requerimento ainda nesta terça.
O documento afirma que "a Câmara considerou a questão da necessidade de adotar todos os passos necessários para assegurar que o Reino Unido não deixe a União Europeia em 31 de outubro de 2019 sem um acordo de retirada". Um dos seus dispositivos estipula que nesta quarta-feira, às 11h (de Brasília), o presidente da Casa deverá interromper quaisquer outras matérias e convocar a leitura do projeto de lei do Brexit, abrindo espaço para que "notificações de emendas, novas cláusulas e novos cronogramas" sejam apresentados.
Westminster retoma hoje os trabalhos após o seu recesso de verão, na primeira sessão após o governo de Boris Johnson obter da rainha autorização para suspender o Parlamento a partir de "não antes de 9 de setembro e não depois de 12 de setembro" e até 14 de outubro. O ato de 10 Downing Street foi encarado amplamente como uma tentativa de tirar o Legislativo da jogada e forçar um Brexit sem acordo em 31 de outubro, atual data-limite para a separação da União Europeia. (Com agências internacionais).