PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Polícia de Londres detém quinto suspeito de agredir casal de mulheres

O caso aconteceu no dia 30 de maio e ganhou repercussão na última sexta-feira. Os cinco suspeitos detidos têm entre 15 e 18 anos

15:46 | 09/06/2019

Um adolescente de 16 anos foi detido pelo ataque lesbofóbico contra um casal no último dia 30. A agressão aconteceu em um ônibus em Londres, na Inglaterra. O adolescente é o quinto suspeito a ser detido pelo ataque. Os outros homens detidos, sob suspeita de roubo e agressão, têm entre 15 e 18 anos. As informações são da BBC News.

Melania Geymonat, 28, contou sobre o caso em sua página no Facebook. Ela estava com a namorada, Chris, no andar de cima de um ônibus quando um grupo de homens entrou no coletivo e começou a assediá-las. 

Ao perceberem que as duas eram um casal, os jovens começaram a dizer para elas se beijarem e a fazer gestos obscenos. Quando elas se recusaram, eles começaram a socá-las. Os agressores ainda levaram uma bolsa e um celular do casal antes de fugir. Em entrevista à BBC, Melania afirmou que "a violência não é apenas porque somos mulheres e estamos namorando, é também porque somos mulheres".

O caso ganhou repercussão mundial na última sexta-feira, 7, quando o prefeito de Londres, Sadiq Khan, definiu as agressões como "repugnantes" e "misóginas". Ele pediu ajuda de testemunhas nas investigações e disse que "crimes de ódio" contra LGBT+ “não serão tolerados” na cidade.

O secretário de saúde britânico Matt Hancock disse que o caso é "terrível" e que "todo mundo tem direito ao amor".

Marcela Tosi/Especial para O POVO