PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

EUA: três condados de Oklahoma entram em situação de calamidade após inundações

19:03 | 02/06/2019
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou situação de calamidade em três condados de Oklahoma que foram devastados por enchentes, tornados e outras tempestades severas. A declaração permite assistência federal aos condados de Muskogee, Tulsa e Waggoner, que sofreram inundações desde 7 de maio.
O governador de Oklahoma, Kevin Stitt, disse que o Estado vai solicitar que outros condados sejam adicionados à declaração. Em todo o Estado, seis pessoas morreram e 118 ficaram feridas. Autoridades dizem que mais de 900 casas foram danificadas, incluindo 335 que foram destruídas. A assistência incluirá financiamento da Agência Federal de Gerenciamento de Emergências, empréstimos federais a juros baixos, seguro-desemprego em desastres e possíveis subvenções.
No Arkansas, autoridades da comunidade de Dardanelle, onde um dique rompeu, disseram que o risco de inundações generalizadas diminuiu. O prefeito de Dardanelle, Jimmy Witt, disse em um post no Facebook acreditar que a cidade de cerca de 4.700 habitantes "ficará bem" depois que o fluxo de água em direção à comunidade começar a desacelerar.
Witt havia alertado que a cidade poderia ser inundada depois que o rio Arkansas fez um buraco de 12 metros em um dique próximo a Dardanelle. Comunidades rurais próximas foram inundadas, mas alguns moradores já haviam sido evacuados. Um dique temporário foi montado, mas as águas não atingiram a barreira.
O meteorologista do Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA Dennis Cavanaugh indicou que novas chuvas previstas para Oklahoma provavelmente prolongariam as enchentes ao longo do rio Arkansas. A maioria das áreas verá a ameaça de grandes inundações diminuir em algumas semanas, embora o rio provavelmente permaneça em nível muito elevado, disse Cavanaugh. Espera-se que o Arkansas receba mais chuva no fim desta semana, o que aumentaria a probabilidade de enchentes. Fonte: Associated Press.

Agência Estado