PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Moody's: Parlamento Europeu fragmentado torna mais difícil avanço de reformas

14:33 | 29/05/2019
A agência de classificação de rating Moody's avalia que o aumento da fragmentação do Parlamento Europeu após a eleição realizada na última semana torna mais difícil o avanço da agenda de reformas na região. Entretanto, a instituição pontua em relatório que o resultado eleitoral é de forma geral neutro para a nota de crédito da União Europeia.
"Os resultados eleitorais da UE são amplamente neutros em termos de crédito para os Estados membros, já que não esperamos uma reversão na integração da UE alcançada até hoje ou uma mudança nas políticas gerais que governam a UE e a zona do euro", diz Kathrin Muehlbronner, vice-presidente sênior da Moody's.
O documento destaca que o forte resultado alcançado pela Lega na Itália amplia o risco de eleição antecipada no país, mas observa que a incerteza política já está incorporada ao atual rating italiano. Em relação à França, a Moody's ressalta que o resultado da eleição aumenta a pressão sobre o presidente Emmanuel Macron, "mas é improvável que altere o compromisso do governo em implementar seu programa de reformas".
No Reino Unido, o fraco desempenho eleitoral dos partidos trabalhistas e conservadores, pontua a Moody's, provavelmente fará com que eles revisitem sua posição sobre o Brexit. "A combinação desse resultado e a renúncia doa primeira-ministra Theresa May aumentam a probabilidade de um Brexit sem acordo."

Agência Estado