PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Ataque a faca contra grupo de meninas choca o Japão

00:00 | 29/05/2019
Homem investe contra estudantes de idades entre 6 e 12 anos, matando uma delas e um adulto em Kawasaki, próximo a Tóquio. Agressor deixou vários feridos antes de morrer no local.Um homem atacou a faca um grupo de estudantes em um ponto de ônibus na cidade de Kawasaki, na região metropolitana de Tóquio, nesta terça-feira (28/05), matando uma menina e um adulto. Outras jovens de idades entre 6 e 12 anos ficaram feridas. O número de feridos inicialmente divulgado era de 15, mas a emissora japonesa NHK noticiou que seriam ao menos 19. Uma mulher adulta também ficou ferida. A estudante morta no ataque tinha 11 anos e o adulto, que seria o pai de uma das vítimas, tinha 39. O agressor, de idade em torno de 50 anos, teria gritado "vou matar vocês" antes de investir contra as estudantes portando uma faca em cada mão. Ele foi encontrado inconsciente no local após o ataque e morreu em razão de ferimentos autoinfligidos no pescoço, segundo informou a NHK. A polícia encontrou duas facas na cena do crime e outras duas na bolsa do agressor. O motivo do ataque ainda é desconhecido. As duas vítimas fatais foram declaradas mortas após serem levadas a um hospital. Ambas tinham ferimentos profundos no pescoço. Entre as sobreviventes, três meninas de 6 anos de idade sofreram ferimentos graves. As meninas eram alunas de uma escola católica em Kawasaki. O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, se disse indignado com o incidente e prometeu reforçar a segurança das crianças em idade escolar. "Foi um incidente extremamente revoltante, no qual muitas crianças pequenas foram vitimadas, e eu sinto uma enorme mágoa. Tomarei todas as medidas possíveis para proteger as crianças", afirmou. Em visita oficial ao Japão, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lamentou o ocorrido e disse que os americanos permanecem ao lado do povo japonês. Crimes violentos dessa natureza são relativamente raros no Japão, mas alguns incidentes mais recentes causaram choque no país. Em 2016, um esfaqueador invadiu um centro para portadores de deficiência e matou 19 pessoas. Em 2010, mais de uma dezena de pessoas ficaram feridas em ataques a faca em dois ônibus num subúrbio de Tóquio. RC/rtr/ap/dpa ______________ A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Fonte: DW | dw-world.de

TAGS