PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Homem mais rico da China exige jornada de trabalho de 12 horas para funcionários

Jack Ma reafirmou a cultura de trabalho "996": de 9 da manhã às 9 da noite, seis dias por semana

00:26 | 19/04/2019

Jack Ma, o homem mais rico da China, exige jornada de trabalho de 12 horas durante seis dias da semana para os funcionários da Alibaba Group, maior plataforma de comércio eletrônico da China. As informações são da Exame.

Segundo post no perfil oficial da rede social Weibo, Ma disse em reunião interna que o Alibaba não precisa de pessoas que buscam um estilo de vida típico de oito horas de trabalho. Ao contrário disso, reafirmou a cultura de trabalho "996": de 9 da manhã às 9 da noite, seis dias por semana.

“Poder trabalhar 996 é uma enorme bênção. Se você quiser fazer parte do Alibaba, precisa estar preparado para trabalhar 12 horas por dia, caso contrário, por que se incomodar?”, teria dito Jack Ma. 

As declarações levantaram forte reação nas redes sociais, visto que a área tecnológica da China possui muitos casos de programadores e fundadoras de startups que faleceram por conta de estresse e muitas horas de trabalho.

Em março, programadores do país protestaram contra as condições de trabalho na Github, comunidade de compartilhamento de código online. Logo o tópico "996" atingiu a marca de mais de 200 mil estrelas, se tornando o mais popular do site.

A identidade do criador do projeto é desconhecida, mas ele pediu que funcionários do setor de tecnologia mandem casos de empresas que não compensam horas extras e abusam dos trabalhadores.

Redação O POVO Online