PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Papa Francisco demonstra "tristeza" e diz estar em orações após incêndio em Notre-Dame

Francisco diz ainda acreditar na reconstrução do monumento, que existe a 856 anos, graças à mobilização e ao trabalho de todos

14:40 | 16/04/2019
Pope Francis looks up during the annual feast of the Immaculate Conception at Piazza di Spagna in Rome on December 8, 2018. (Photo by Alberto PIZZOLI / AFP)
      Caption
Pope Francis looks up during the annual feast of the Immaculate Conception at Piazza di Spagna in Rome on December 8, 2018. (Photo by Alberto PIZZOLI / AFP) Caption(Foto: ALBERTO PIZZOLI / AFP)

O papa Francisco demonstrou sua "tristeza" após o incêndio que atingiu a Catedral de Notre-Dame, em Paris, nessa segunda-feira, 15. Em uma mensagem ao arcebispo da cidade francesa, Francisco garantiu sua "proximidade espiritual e orações".

O monumento histórico começou a ser consumido pelas chamas às 19 horas do horário local, segundo o Corpo de Bombeiros da região, em entrevista ao jornal Le Monde. Mais visitado da Europa e com 856 anos, o monumento teve todo o telhado e armação destruídos.

O papa ainda afirmou que acredita que a catedral pode ser reconstruída. "Eu expresso minha esperança de que a Catedral de Notre-Dame pode se tornar novamente, graças ao trabalho de reconstrução e mobilização de todos, esse lindo tesouro no coração da Cidade, um patrimônio arquitetônico e espiritual de Paris, da França e da humanidade", acrescentou.

Em sua conta pessoal no Twitter, o papa disse ainda que espera que "a dor pelo grave dano se transforme em esperança com a reconstrução". Apesar do prejuízo considerável, algumas relíquias, como um pedaço da coroa de espinhos de Jesus, foram salvas após a tragédia.

Redação O POVO Online