PUBLICIDADE
Mundo

Empresa de lobby e sindicato pedem mudança na estratégia de May para o Brexit

13:28 | 28/03/2019
Uma das maiores empresas de lobby do Reino Unido e o maior grupo de sindicatos do país se juntaram para pedir à primeira-ministra Theresa May que mude sua estratégia na condução da saída do país da União Europeia. A diretora-geral da Confederation of British Industry (CBI), Carolyn Fairbairn, e a secretária-geral do Trades Union Congress (TUC), Frances O'Grady, solicitaram na quinta-feira uma reunião urgente com May para discutir suas preocupações.
A dupla afirma que o país "está enfrentando uma emergência nacional" com o risco crescente de Brexit sem acordo. Elas dizem que é preciso haver uma extensão no prazo para a saída, e que a escolha não pode ser apenas entre sair com o acordo proposto atualmente por May ou sem acordo algum. "Empresas e comunidades em todo o Reino Unido não estão prontas para este resultado", diz o comunicado. "O choque em nossa economia seria sentido pelas próximas gerações".
O prazo para a saída do Reino Unido do bloco, no momento, é o dia 29 de março. A primeira-ministra do país pediu extensão até 30 de junho e está em Bruxelas para a cúpula do Conselho Europeu.

Agência Estado