PUBLICIDADE
Notícias

Tottenham faz 3 a 0 no Dortmund e abre enorme vantagem nas oitavas da Champions

19:20 | 13/02/2019

O Tottenham venceu por 3 a 0 o Borussia Dortmund, nesta quarta-feira em Londres, e abriu uma enorme vantagem para o jogo de volta das oitava de final da Liga dos Campeões, no dia 5 de março na Alemanha.

Todos os gols dos Spurs foram marcados no segundo tempo da partida, com o sul-coreano Son Heung-min abrindo o placar (47 minutos) e o belga Jan Vertonghen (83) e o espanhol Fernando Llorente (86) ampliando nos minutos finais.

Depois de três vitórias seguidas no Campeonato Inglês, no qual é o terceiro colocado, o Tottenham mostrou que continua atravessando ótima fase.

Já o Dortmund, líder da Bundesliga, chegou ao quarto jogo consecutivo sem vitória em todas as competições, em um mês de fevereiro complicado e marcado por uma precoce eliminação na terceira rodada da Copa da Alemanha.

Do lado inglês, vale ressaltar que a equipe do técnico argentino Mauricio Pochettino vem em disparada mesmo sem poder contar com dois de seus principais jogadores: Harry Kane e Dele Alli, ambos lesionados.

Sem os dois atacantes, Son tem assumido com louvor as responsabilidades de colocar a bola para o fundo dos gols adversários: são agora 11 gols nas últimas 12 partidas para o sul-coreano.

O resultado tem também um sabor de vingança para os Spurs, que na temporada passada foram eliminados pelo Borussia Dortmund nas oitavas de final da Liga Europa.

Empurrado pela fanática torcida em Wembley, o Tottenham começou a partida imprimindo seu ritmo, com uma marcação alta e um domínio da posse de bola, mas encontrando enorme dificuldade para se aproximar do gol do Borussia.

Sem os machucados Kane e Dele Alli, Ericksen e Son pareciam sobrecarregados nas funções de criação e finalização das jogadas inglesas.

Já os alemães demoraram cerca de 20 minutos para aperfeiçoar a saída de bola e encontrar espaços para contra-atacar os donos da casa. Nesse panorama, os visitantes foram mais perigosos no primeiro tempo, mas Lloris conseguiu defender sem grandes dificuldades os chutes de Witsel (19) e Delaney (34).

Nesse cenário, a melhor oportunidade de abrir o placar na primeira etapa veio dos pés do único brasileiro em campo: aos 6 minutos, Lucas Moura ficou com a sobra de uma rebatida dentro da área do Borussia e arriscou um bonito sem-pulo que passou raspando pelo ângulo do gol alemão.

Na volta do intervalo, o primeiro lance do segundo tempo mudou completamente o panorama da partida. Com um minuto de jogo, os Spurs pressionaram a saída de bola do Borussia com sucesso e abriram o placar.

Na jogada, Lucas ficou com a bola e tocou para Vertonghen, que cruzou na medida para Son completar para as redes sem marcação.

O gol abalou a confiança alemã e inflamou os Spurs, que partiram ao ataque em busca de uma vantagem mais confortável para o jogo de volta. Assim, os ingleses criaram inúmeras chances de ampliar o placar.

Aos 12, Zanadou apareceu para travar chute praticamente sem goleiro de Eriksen. Aos 15, Burki defendeu cabeçada perigosa de Vertonghen. Aos 30, Lucas arriscou uma bomba de fora da área e Delaney colocou o corpo na frente para impedir o gol.

A avalanche inglesa em campo era tão grande que o Borussia acabou levando um caldo.

Aos 37, o zagueirão Vertonghen, em grande partida improvisado na ala esquerda, conseguiu completar um cruzamento de Aurier para marcar o segundo gol do Tottenham e, três minutos depois, Llorente cabeceou com precisão um escanteio cobrado por Eriksen: 3 a 0 Spurs e classificação inglesa para as oitavas de final praticamente selada.

bur/am