PUBLICIDADE
Notícias

Itamaraty informa que dez crianças brasileiras ainda permanecem em abrigos nos EUA

Em nota, o órgão disse que nas duas últimas semanas, 39 crianças já foram liberadas e reunidas a pais ou responsáveis

11:48 | 27/07/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
Separadas dos familiares, dez crianças brasileiras permanecem em abrigos nos Estados Unidos. As informações são do Ministério das Relações Exteriores, que disse que quatro delas estão em Chicago e seis em Houston. O motivo do isolamentos é devido às políticas de entrada ilegal no país.

Nas últimas semanas, 39 crianças foram liberadas e entegues a seus familiares, informou nesta quinta-feira, 26, o Itamaraty. Outras dez, no entanto, ainda aguardam por decisão das autoridades norte-americanas para receberem liberação.

“Escapa, obviamente, à competência do Governo brasileiro obrigar crianças e familiares a retornarem ao Brasil. A maioria expressiva manifesta o interesse de permanecer nos Estados Unidos, ainda que, para isso, tenha de aguardar decisão das autoridades locais”, disse o ministério em comunicado oficial.
[SAIBAMAIS]
Quanto aos brasileiros que optam pelo retorno ao Brasil, o órgão informa que "seus 
processos têm ocorrido segundo os protocolos estipulados pela lei americana”. Todos eles, ressalta, “com o acompanhamento atento das repartições consulares que colaboram na intermediação entre as partes envolvidas”.

O Itamaraty informou ainda que, desde a adoção da política de tolerância zero às imigrações ilegais, tem feito chegar ao governo do presidente Donald Trump “seu firme desagrado”. Considerando a prática de prisão dos pais e isolamento das crianças como uma “cruel” e “franca violação”, o ministério disse que “os agentes consulares mantêm suas visitas regulares aos abrigos”.

“Com contatos com cada um dos menores, para assegurar que estão recebendo os cuidados devidos”, acrescenta.
 
Redação O POVO Online 
TAGS