PUBLICIDADE
Notícias

Torcida mexicana aprova desempenho da seleção dos país e torcem pelo título

Apesar do estilo tático do técnico ser visto como esquisito, as vitórias da seleção nos dois primeiros jogos do mundial de futebol têm agradado os torcedores

13:30 | 24/06/2018
Torcedores comemoram a vitória do México contra Alemanha
Torcedores comemoram a vitória do México contra Alemanha
[FOTO1]
Com vitória sobre a Alemanha por 1 a 0 e contra a Coreia do Sul por 2 a 1, a seleção mexicana de futebol tem surpreendido os torcedores do país de origem com os resultados obtidos até agora na Copa do Mundo da Rússia. A estratégia técnica do treinador da equipe era o maior alvo de críticas por parte da torcida e mídia do país, avaliação que tem mudado. 

Tendo participado do primeiro jogo de Copa do Mundo, em 1930, no Uruguai, o México já disputou 16 vezes o torneio mundial. Nas últimas quatro edições foi eliminado nas oitavas de finais, quando inicia o mata-mata da competição. O mais longe já ido pelo time foi em 1970 e 1986 ao disputar as quartas de finais. Desta vez, a perspectiva é de ir mais longe. Para o engenheiro mexicano Oscar Patiño, a seleção pode ser campeã do mundo. 

No México, de acordo com Luis Fernando, o desempenho esperado da seleção era outro. “Considero a seleção mexicana muito boa. Esperávamos outros resultados porque o técnico é muito estranho”, justifica. Marco Cueto compartilha da mesma avaliação de Fernando. Mas afirma que ele e muitos mexicanos estão equivocados.  O treinador Juan Carlos Osório nunca repetiu a mesma escalação do time em 50 jogos com a seleção sob seu comando, estratégia que o fez ser alvo de críticas por torcedores e parte da impressa mexicana.
 
[SAIBAMAIS]
 
“Honestamente, muitas pessoas criticavam as decisões do diretor técnico, pois não se via claridade nos jogadores que seriam selecionados. As partidas de preparação para o Mundial não criaram muita esperança que a seleção teria um bom desempenho, mas depois das últimas duas partidas, creio que nos equivocamos. A vitória contra a Alemanha foi espetacular”, comemora Couto.

A vontade de ganhar o Mundial de futebol é compartilhada por torcedores e admiradores dos 32 times que disputam a Copa do Mundo deste ano. Para o estudante Tomás Ledesma, o México pode ser a zebra desta edição. De acordo com ele, o principal motivo é a atuação mostrada, durante os jogos já disputados na competição, pela La Tri, como é conhecida a seleção mexicana devido as três cores presentes na bandeira do país.  

Nas ruas, praças, bares, em casa ou no Ángel de La Independencia, ponto histórico na Cidade do México, os mexicanos estão na sua individualidade assistindo as partidas com a mesma emoção que todos. É dessa forma que Maritza Segura define as comemorações da seleção. “Aqui no país, todos gritam de emoção e saem às ruas para festejar com bandeiras e de cara pintada” descreve.
 
[FOTO2]
 
As vitórias conquistadas em cima da Alemanha e Coréia do Sul não têm levado os mexicanos apenas às ruas para comemorar. Os nativos creem que o time pode ir mais longe na competição do que nas últimas edições. Couto acredita que a seleção chega até as quartas de finais. Fernando cogita chegar às semifinais. Os mais otimistas entre os entrevistados são Tomás e Patiño. Para eles, o time deve chegar à final do Mundial.

“Creio que essa ilusão tem cada pessoa que vê sua seleção competir nos jogos mundiais. Mas o limite é imposto pelos próprios jogadores. As atuações dos selecionados têm agradado e mostrado um bom estilo de jogo”, analisa Tomás.

Sobre um possível jogo contra a seleção brasileira, os torcedores mexicanos apostam na La Tri, mas destacam a qualidade da canarinha. "Que cada equipe dê o melhor de si, seja um jogo limpo e cada um concentrado em seu objetivo", sugere Maritza. Apesar de reconhecer a força do time brasileiro, afirma que o México tem potencial para levar a Vitória. 

“Com as vitórias percebemos que não é algo impossível”, confessa Maritza sobre a expectativa do México ser campeão na Copa do Mundo em 2018. Caso o fato se consume, o rendimento do México pode melhorar em outras atividades, projeta Katya García. 

Um dos mais famosos jogadores da seleção, o atacante Javier Hernández, conhecido como Chicharito, é uma das esperanças dos torcedores. Além dele, Carlos Vela também desperta confiança dos mexicanos. “Dizem que um dos melhores jogadores é Rafael Márquez, porque apesar da idade segue jogando muito bem”, aposta Katya. Para Tomás é difícil escolher qual jogador deve ajudar mais a participação da seleção na Copa do Mundo. “O futebol é de momento e muitos jogadores atravessam um bom momento", analisa Tomás. 
 
 
TAGS