PUBLICIDADE
Notícias

Ex-primeira-dama dos EUA Barbara Bush morre aos 92 anos

08:47 | 18/04/2018
NULL
NULL

[FOTO1]A ex-primeira-dama americana Barbara Bush faleceu nesta terça-feira (17) aos 92 anos, informou o gabinete de seu marido, o ex-presidente George Bush pai. "Uma ex-primeira-dama dos Estados Unidos da América e incansável defensora da alfabetização familiar Barbara Bush faleceu na terça-feira, 17 de abril de 2018, aos 92 anos", informou o comunicado emitido pelo gabinete do viúvo de Barbara, George H.W. Bush, com quem ela foi casada por 73 anos.

 

Os detalhes do funeral serão divulgados mais adiante, declarou o porta-voz Jim McGrath, destacando que Barbara Bush deixa cinco filhos, 17 netos e sete bisnetos. George H.W. Bush está com "o coração partido por perder sua amada Barbara", revelou o chefe de pessoal do ex-presidente, Jean Becker. "Ele segurou a sua mão durante todo o dia e esteve a seu lado quando partiu desta boa terra". O ex-presidente americano tem 93 anos.

 

Barbara Bush é considerada figura central de uma das famílias políticas mais proeminentes dos Estados Unidos, como esposa de um presidente e mãe de outro - George W. Bush - e de Jeb Bush, ex-governador da Flórida e ex-candidato à Presidência. Nascida em junho de 1925 no Estado de Nova York, Barbara conheceu o marido aos 16 anos, quando eles eram estudantes de uma escola de elite em Massachusetts. Casaram-se em 1945, quando ele estava de licença do serviço de guerra como oficial da Marinha. O casal teve seis filhos.

 

Como primeira-dama, de 1989 a 1993, abraçou a causa da alfabetização universal e criou uma fundação para a alfabetização familiar. O presidente Donald Trump determinou que as bandeiras fiquem a meio-pau até a tarde do dia em que Barbara for enterrada. "Entre suas maiores realizações está reconhecer a importância da alfabetização como um valor familiar fundamental", disse Trump. "Ela será lembrada por sua forte devoção ao país e à família, ao qual ela serviu infalivelmente bem".

 

O ex-presidente Barck Obama e sua esposa Michelle destacaram que estarão sempre "agradecidos à senhora Bush pela generosidade com que ela nos tratou enquanto estivemos na Casa Branca". "Mas estamos ainda mais agradecidos pela forma como viveu sua vida, como um testemunho do fato de que o serviço público é uma vocação importante e nobre; como um exemplo de humildade e decência que reflete o melhor espírito dos Estados Unidos". Seu filho Jeb escreveu: "Eu sou excepcionalmente privilegiado por ser o filho de George Bush e da mulher excepcionalmente graciosa, divertida, engraçada, amorosa, forte e inteligente, que era a força da natureza conhecida como Barbara Bush".

 

Seu filho George P. Bush tuitou: "Vou sentir sua falta, Ganny - mas saiba que vamos vê-la novamente". "Bárbara nos inspirou a ser a melhor versão de nós mesmos", disse Orrin Hatch, o senador republicano mais antigo dos Estados Unidos. Madeleine Albright, que durante o governo do democrata Bill Clinton foi a primeira mulher a exercer o cargo de secretária de Estado dos EUA, lembrou Barbara Bush como uma "mulher de incrível determinação, sagacidade e compaixão, que encarna o melhor dos valores da América".

 

Barbara Bush ganhou fama de durona, irônica e pragmática. Perguntada em 2010 sobre o que achava da ex-governadora do Alasca Sarah Palin - que tentou a vice-presidência em 2008 - Barbara disse ao entrevistador: "Eu me sentei ao lado dela uma vez, achei que ela linda e acho que ela está muito feliz no Alasca. Ela ficará por lá".

AFP

TAGS