PUBLICIDADE
Notícias

Homem ganha 1 milhão na loteria, descobre doença terminal e morre dias depois

Ao consultar o médico, homem descobriu que tinha câncer em estágio avançado

10:30 | 03/02/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
Um carpinteiro americano realizou o sonho de muitas pessoas ao ganhar 1 milhão de dólares (cerca de R$ 3,1 milhões) em uma raspadinha. Mas, a história que começou feliz tem um final triste, depois que o homem descobriu que estava com um câncer em estado terminal. O caso aconteceu em Nova York nos Estados Unidos.

Donald Severo, de 51 anos de idade, não tinha plano ou seguro de saúde e com o dinheiro do prêmio ele ficou empolgado ao saber que poderia consultar um especialista. O profissional, no entanto, deu notícias que o homem não esperava escutar: tinha câncer metastático em estágio IV.

O homem morreu no último dia 26, poucas semanas após coletar o prêmio a que tinha direito. As informações são do BuzzFeed.

Ao ganhar o prêmio, Donald contou aos jornais que, além da consulta ao médico, ele pretendia usar o dinheiro para comprar uma nova caminhonete e viajar. O carpinteiro nasceu no Queens, em Nova York, e cresceu em Long Island. "Ele era conhecido por seu trabalho de alta qualidade e seu perfeccionismo", diz o obituário do homem.

"Ele era freelancer. Ele não tinha seguro. Ele não estava se sentindo muito bem há algum tempo, eu acho, e quando ele ganhou o dinheiro ele foi ao médico", contou Danielle Scott, que trabalha na loja onde Donald comprou a raspadinha que lhe garantiu o prêmio. Após os impostos, o carpinteiro recebeu 660 mil dólares (2 milhões de reais) da loteria.
Redação O POVO Online
TAGS