PUBLICIDADE
Notícias

Incêndio descontrolado ameaça condado californiano de Santa Bárbara

14:52 | 10/12/2017
As chamas avançavam neste domingo ao noroeste de Los Angeles e ameaçavam o condado de Santa Bárbara, enquanto os demais focos de incêndio começavam a ser controlados, informaram as autoridades.
O incêndio "Thomas", declarado na segunda-feira, já devastou quase 63.000 hectares e está controlado em apenas 15%.
O Departamento de Proteção Florestal da Califórnia, CalFire, emitiu uma ordem de evacuação de Santa Bárbara e pediu à população que permaneça preparada para abandonar suas casas a qualquer momento.
Os bombeiros divulgaram uma foto em suas redes sociais que mostra uma muralha de fogo de vários metros de altura a poucos metros de alguns edifícios em Carpinteria, uma pequena cidade na costa, a cinco quilômetros de Santa Bárbara.
As autoridades ainda investigam a origem de "Thomas", que também destruiu 583 estruturas e ameaça virar um dos incêndios mais violentos da história da Califórnia.
A intensidade do vento caiu consideravelmente - as rajadas chegaram a 130 km/h na quarta-feira -, o que permite aos bombeiros avançar nos esforços para apagar as chamas.
A meteorologia prevê para este domingo ventos máximos de 20 km/h, com umidade relativa do ar de 17%.
A situação começa a melhorar no sul da Califórnia, onde cinco incêndios permanecem ativos.
O "Lilac", o mais grave depois do "Thomas" e que afeta uma área ao norte San Diego, já está controlado em 60% e as chamas não avançam, depois de queimar 600 hectares.
O presidente americano, Donald Trump, declarou estado de emergência na Califórnia, o que permite liberar recursos federais.
O ano 2017 se tornou o mais letal em termos de incêndios florestais na história da Califórnia.
Mais de 40 pessoas faleceram em outubro, quando o fogo arrasou condados produtores de vinho, localizados ao norte do estado. As chamas também destruíram 10.000 estruturas e queimaram mais de 73.000 hectares.
tu/elm/spc/fp

AFP
TAGS