PUBLICIDADE
Notícias

Estudante tira selfies com homens que a assediaram na rua para denunciar machismo

"Eles invadem minha privacidade na rua...então eu também invado a deles", escreveu Noa. As fotos são publicadas no Instagram

18:30 | 07/10/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

Em um mês, a estudante holandesa Noa Jansma, 20, decidiu denunciar as cantadas que recebe na rua de uma maneira diferente: selfies com os agressores. As imagens dos homens que a assediaram na rua, em Amsterdã, onde ela mora, foram publicadas em uma conta no Instagram intitulada Dearcatcallers ("Queridos assediadores de rua", em tradução livre).

"Eles invadem minha privacidade na rua...então eu também invado a deles", escreveu Noa. A conta ganhou visibilidade, com várias seguidoras se identificando em todo o mundo. As fotos foram feitas depois que a jovem pediu o registro aos assediadores, que ainda aparentam estar felizes nas imagens.

Em entrevista à BBC, Jansma disse que apenas um dos homens perguntou o motivo da selfie e, mesmo assim, aceitou aparecer na foto. "Nunca soube o que fazer se alguém me assediasse na rua. Se eu reagisse, a situação ficaria pior, e eu ficaria muito assustada", afirmou.

Jansma também explica que o objetivo não é expor a imagem de cada um deles, mas mostrar que o machismo é um problema que deve ser enfrentado. "Se esses homens me pedirem para tirar a foto deles do Instagram, vou fazer isso, porque não quero arruinar a vida deles. Trata-se de um problema global. Esse é o motivo pelo qual quero dar o controle da conta do Instagram a uma outra mulher de outro país e de outra cidade para mostrar que isso acontece em todo lugar e com todo mundo", conclui.

[VIDEO1]

[VIDEO2] 

[VIDEO3] 

Redação O POVO Online

TAGS