PUBLICIDADE
Notícias

Deputada australiana denuncia companheiro por ter pornografia infantil

A parlamentar do partido Conservadores Australianos disse que nunca havia suspeitado do seu marido. Após a denúncia, o homem foi preso

13:05 | 09/09/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

Quando a deputada australiana Rachel Carling-Jenkins descobriu que seu marido tinha pornografia infantil no computador da sua casa, foi diretamente à polícia, denunciá-lo. "Nessa descoberta, eu pessoalmente vi imagens que me provocaram grande aflição naquele momento e até agora", afirmou a parlamentar em entrevista à BBC. Após a denúncia, o homem foi preso.

"Meu casamento terminou imediatamente. Saí de casa no mesmo dia em que descobri o que estava acontecendo e não voltei, exceto quando fui buscar alguns pertences", contou a deputada ao jornal. Carling-Jenkins disse perante uma sessão do Parlamento do Estado australiano de Victoria na quinta-feira, 7, que havia mantido silêncio sobre o acontecido para não interferir na investigação policial e no processo judicial.

A política do partido Conservadores Australianos disse ainda que nunca havia suspeitado que seu marido fosse viciado em pornografia infantil. A deputada disse que ele se negou a assinar os papéis do divórcio e um acordo sobre as propriedades. Ela disse que se sentia financeira e mentalmente abusada por seu ex-marido, que foi condenado a quatro meses de prisão pela posse de pornografia infantil.

"Os rostos de muitas delas ficarão gravados em minha memória para sempre. Rezo para que a polícia possa identificar e resgatar tantas vítimas pobres, desamparadas e vulneráveis quanto for possível", disse à reportagem da BBC.

Redação O POVO Online

TAGS