PUBLICIDADE
Notícias

Nos EUA, brasileiros são presos suspeitos de lavagem de dinheiro

22:15 | 30/08/2017

Renato Maia da Silva, de 51 anos, Wesley dos Santos, de 31, e Lucas Alves, de 34, são suspeitos de participar de um esquema que fez circular US$ 100 milhões nos Estados Unidos. Os brasileiros, que estão nos país ilegalmente, foram presos por lavagem de dinheiro. As informações são do UOL.

Autoridades de Cinnaminson, em Nova Jersey, informaram que o grupo foi pego com US$ 450 mil em dinheiro - valor correspondente a R$ 1,4 milhão -, carros e outros objetos relacionados ao esquema de lavagem de dinheiro instalado na cidade,  conforme o Burlington Country Times.

De acordo com o Escritório do Procurador do Condado de Burlington, o inicio da investigação partiu da empresa que os três trabalhavam, o Maia Consulting. Os operadores eram suspeitos de participação em operação ilegal de coleta de cheques.

Autoridades que trabalharam no caso afirmaram que a investigação revelou que várias empresas recorriam a Maia Consulting para ocultar os pagamentos feitos aos trabalhadores sem registros na área da construção, desde o começo de 2015. O esquema lavou até US$ 100 milhões. Este valor envolveu cheques de Maia para empresas de construção.

Sem visto para permanecer no país, os brasileiros terão o caso avaliado pelo Departamento de Segurança Interna do país.

 

Redação O POVO Online

TAGS