PUBLICIDADE
Notícias

James Franco revela que roubava perfumes na infância

A celebridade já havia revelado sobre seus problemas na juventude, como o alcoolismo. Ele viu na atuação uma ajuda

15:30 | 02/08/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

Antes da fama, o ator James Franco, 39, teve uma adolescência problemática. Em entrevista à revista OUT, o astro revelou detalhes de seu passado, falando ainda de depressão e sobre o desafio em dirigir cenas quentes na televisão.

Franco diz ter uma personalidade suscetível a vícios. Ele diz que, quando era mais novo, a  atuação serviu como uma saída para o alcoolismo e o vício de roubar perfumes, que o levou a prisão.

"Eu me joguei totalmente nisso e virou tudo para mim, ao ponto de que eu nem socializava mais. E só depois de uns 10 anos, com uns 27, eu percebi: 'Cara, eu estou tão depressivo. Na superfície minha vida parece ótima, tenho uma carreira e tudo mais, mas eu me sinto isolado e sozinho", declarou.

James Franco agora volta sua atenção para a direção. Entre todas os trabalhos que desempenhou, ele afirma que o processo de dirigir é o que mais o satisfaz. O ator dirigiu dois episódios de sua nova série da HBO, The Deuce, com estreia para setembro.

A atração conta a história de irmãos gêmeos que tentam crescer na indústria pornográfica, nos anos 1970, em Nova York. Franco ainda contou que se sentiu desconfortável ao dirigir uma cena de sexo com Maggie Gyllhenhaal.  "Foi interessante. Maggie, além de ser uma atriz incrível, não tem medo. Ela tomou controle da cena, se tornou o modelo para todas as outras pessoas no set. Se eu não tivesse alguém como ela, eu acho que ia ser muito mais difícil produzir essas cenas", finalizou.

 

Redação O POVO Online

TAGS