PUBLICIDADE
Notícias

Turquia afirma que primeiras análises do ataque na Síria sugerem exposição à gás sarin

11:25 | 06/04/2017

Os elementos recolhidos durante as primeiras análises realizadas com as vítimas do suposto ataque químico na Síria indicam que elas forma expostas a gás sarin, um potente agente neurotóxico, declarou o ministério da Saúde turca.


"Os resultados das primeiras análises realizadas a partir de elementos extraídos dos pacientes indicam que foram expostos a um químico (gás sarin)", indicou o ministério em um comunicado posado em seu site. A fonte acrescentou que mais de 30 pessoas feridas se encontram hospitalizadas na Turquia.

 

gkg/lsb/lpt/bc/age/cn

TAGS