PUBLICIDADE
Notícias

Executivo do Spotify estava entre as vítimas do atentado em Estocolmo

Chris Bevington era o britânico da lista de vítimas

12:28 | 10/04/2017
Chris Bevington
Chris Bevington

[FOTO1] Entre as quatro vítimas do atentado em Estolcomo, na Suécia, estava Chris Bevington, diretor de parcerias globais e desenvolvimento de negócios do Spotify. A notícia foi confirmada por Daniel EK, presidente executivo do serviço de streaming. 

 

Por meio de nota publicada em sua página no Facebook, Daniel lamenta a morte do companheiro. "É com choque e um coração pesado que posso confirmar que Chris Bevington da nossa equipe Spotify perdeu a vida no ataque sem sentido de sexta-feira em Estocolmo".

 

Chris foi funcionário do Spotify por cinco anos e sua morte causou comoção na empresa. "Ele teve um grande impacto não apenas no negócio, mas em todos que tiveram o privilégio de conhecer e trabalhar com ele. Não há palavras para descrever a falta que ele fará ou por quão triste estamos todos a tê-lo perdido assim", escreveu o Daniel. 

 

A identidade das vítimas não foi divulgada pela polícia, mas informou que trata-se de dois suecos, um britânico e uma mulher belga. Chris foi o britânico morto. Além disso, o ataque causado por um homem que invadiu com um caminhão contra uma multidão na rua mais conhecida e movimentada da cidade, deixou cerca de 15 pessoas feridas. 

 

O motorista do caminhão acusado de cometer o crime é um homem de 39 anos, natural do Uzbequistão que supostamente teve seu visto de permanência no país negado.

 

Redação O POVO Online

TAGS