PUBLICIDADE
Notícias

Avenida no Japão é reaberta menos de uma semana após a abertura de uma cratera

O buraco de 30 metros foi consertado em 48 horas, contudo os testes de segurança inviabilizaram a reabertura até esta terça-feira, 15.

14:59 | 15/11/2016
NULL
NULL

Uma grande cratera de cerca de 30 metros de diâmetro se abriu em uma movimentada avenida da região central da cidade de Fukuoka, no Japão, na última terça-feira, 8. Menos de uma semana depois, a via já foi liberada e o tráfego normalizado. As informações são do jornal The Guardian.

[FOTO1]
O pavimento começou a afundar na avenida, em frente à estação ferroviária de Hakata, a maior da cidade. A cavidade de 15 metros de profundidade foi preenchida com água vinda dos tubos subterrâneos. A Polícia então esvaziou edifícios e áreas próximas. O problema deixou centenas de residências sem gás, energia elétrica, linhas de telefone e água encanada, todavia não houve vítimas.

[SAIBAMAIS]

 

O buraco de 30 metros foi consertado em 48 horas, segundo a mídia local. Contudo, os testes de segurança inviabilizaram a reabertura para o tráfego até esta terça-feira, 15. A rapidez no reparo se deu, dentre outros fatores, pelo trabalho diuturno dos operários.

 


Segundo o prefeito da cidade, Soichiro Takashima, o solo agora está 30 vezes mais resistente que antes. Ele acrescentou que uma comissão de especialistas seria criada para determinar a causa exata da cratera, ainda desconhecida. Há suspeitas de que as obras para ampliação de uma linha de metrô tenham causado o acidente.

[FOTO2] 

TAGS