PUBLICIDADE
Notícias

Presidente do parlamento europeu deixa o cargo para voltar à política alemã

05:31 | 24/11/2016
O presidente social-democrata do Parlamento Europeu, o alemão Martin Schulz, anunciou que abandonará suas funções para voltar à política alemã, onde deverá enfrentar a chanceler Angela Merkel nas legislativas de 2017.
A informação sobre Schulz, de 60 anos, deixará o cargo já havia sido adiantada pelo jornal de centro-esquerda Süddeutsche Zeitung.
Desta maneira, Schulz, cujo mandato atual dura té o início de 2017, afirmou que não apresentará para um terceiro termo frente ao Parlamento Europeu para ser candidato como líder da lista de seu Partido Social-democrata alemão (SPD) na região de Renânia de Norte-Westfalia nas legislativas de 2017.
Presidente do Parlamento Europeu desde 2012, Schulz poderá substituir no SPD Frank-Walter Steinmeier, chanceler de Merkel dentro da coalizão entre conservadores e social-democratas, segundo a revista Der Spiegel.
AFP
TAGS