PUBLICIDADE
Notícias

Bebê é retirada de útero para cirurgia e colocada de volta por mais três meses

A pequena Lynlee nasceu pela primeira vez quando foi submetida, ainda no útero, a uma cirurgia para a retirada de um tumor

21:30 | 25/10/2016
NULL
NULL

[FOTO1] Em Lewisville, estado do Texas, nos Estados Unidos (EUA), a pequena Lynlee, hoje com quatro meses, foi retirada do útero da mãe por 20 minutos quando era um feto de 23 semanas para a remoção de um tumor na coluna e devolvida após intervenção cirúrgica. As informações são da BBC Brasil.


De acordo com o médico Darrel Cass, foi necessária uma incisão “enorme” para a retirada do tumor. Ele relata à BBC que o coração da bebê parou de funcionar e um especialista a manteve viva enquanto o tumor era retirado. No fim do procedimento, ela voltou para o útero da mãe, que passou 12 semanas em repouso absoluto.


Lynlle “nasceu de novo” através de uma cirurgia cesariana em 6 de junho, já no fim da gestação. Após oito dias de nascida, ela teve que ser operada novamente para retirar o restante do tumor de seu cóccix. Agora, a pequena Lynlee se recupera em casa e passa bem.


O tumor - teratoma sacrococcígeo- descoberto na 16º semana trazia riscos de falência cardíaca para a bebê. Com a cirurgia, ela teria 50% de chances de viver. A mãe de Lynlee, Margaret Boemer, estava grávida de gêmeos, mas perdeu um dos bebês no início da gravidez e os médicos recomendaram que ela interrompesse a gestação. 

Redação O POVO Online

TAGS