PUBLICIDADE
Notícias

Trabalhadores em minas da Bolívia criam "comitê de pacificação" após confrontos

14:54 | 31/08/2016
Cooperativas de mineração bolivianas no estado de Oruro estão criando um "comitê de pacificação", com o apoio da Igreja Católica, para resolver uma disputa com o governo que levou a cinco mortes na semana passada, incluindo a de um vice-ministro.

Os trabalhadores da mina esperam que outras cooperativas se juntem a eles, a fim de criar um comitê nacional capaz de se sentar com o presidente da Bolívia, Evo Morales, para resolver suas demandas.

"Nós temos que alcançar a paz para ser capaz de se sentar com as autoridades em uma mesa redonda e discutir os problemas", disse o bispo Cristobal Bialasik de Oruro, que anunciou o comitê com os mineiros.

Na semana passada, trabalhadores de uma mina sequestraram e mataram um vice-ministro enviado para mediar manifestações violentas por cooperativas que protestam mudanças na legislação. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS