PUBLICIDADE
Notícias

Rebeldes apoiados pela Turquia avançam e bombardeio turco mata 35 na Síria

08:20 | 28/08/2016
Rebeldes sírios apoiados pela Turquia tomaram uma série de vilarejos e cidades de forças de liderança curda no norte da Síria neste domingo em meio a ataques aéreos turcos e bombardeios que mataram ao menos 35 pessoas, a maioria civis.

A Turquia enviou tanques através da fronteira para ajudar rebeldes sírios a expulsarem o grupo Estado Islâmico da cidade fronteiriça de Jarabulus na semana passada, numa dramática escalada do envolvimento turco na guerra civil da Síria. A operação, chamada de "Escudo de Eufrates", também busca provocar o recuo de forças curdas aliadas aos Estados Unidos.

O confronto coloca um aliado da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) contra o grupo apoiado pelos norte-americanos, que é o mais eficiente entre as forças em solo combatendo o Estado Islâmico. Autoridades turcas não foram encontradas para comentar.

Um soldado turco foi morto por um ataque de foguete no último sábado, a primeira fatalidade do tipo na ofensiva que já dura cinco dias.

Várias facções dos rebeldes apoiados pela Turquia disseram neste domingo que tomaram o controle de ao menos quatro vilarejos e uma cidade das mãos de forças de liderança curda ao sul de Jarabulus. Um dos vilarejos a trocar de mãos foi Amarneh, onde os confrontos tem sido mais fortes. Os rebeldes postaram fotos tiradas de dentro do vilarejo.

Ankara suspeita da milícia curda que domina a Força Democrática Síria, apoiada pelos Estados Unidos, enxergando ela como uma extensão da insurgência curda que atua no sul da Turquia. Líderes turcos votaram por expulsar tanto o Estado Islâmico como as unidades de proteção aos curdos, para longe da fronteira.

A Turquia é parte da coalizão comandada pelos Estados Unidos de combate ao Estado Islâmico, mas os ataques aéreos que começaram no sábado marcaram a primeira vez que o país mirou forças curdas na Síria. Repórter da agência de notícias Associated Press na fronteira turca observou ao menos três jatos voando para a Síria em meio a forte bombardeio turco no território sírio nesta manhã de domingo. Fonte: Associated Press.

TAGS