PUBLICIDADE
Notícias

Felipe Wu conquista prata e encerra jejum de 96 anos

16:34 | 06/08/2016
Paulistano finaliza prova de pistola de ar 10 metros apenas 0,4 pontos atrás do campeão olímpico. Brasil não conquistava uma medalha no tiro esportivo desde os Jogos da Antuérpia. O paulistano Felipe Almeida Wu conquistou a prata na prova de pistola de ar 10 metros no tiro esportivo, neste sábado (06/08), e encerrou um jejum de 96 anos sem medalhas para o Brasil no tiro esportivo. A última havia sido nos Jogos da Antuérpia, em 1920, quando Guilherme Paraense conquistou o primeiro ouro brasileiro. Wu finalizou a competição com 202,1 pontos. A medalha de ouro ficou com o vietnamita Xuan Vinh Hoang, com 202,5 pontos novo recorde olímpico. Completa o pódio o chinês Wei Pang, que alcançou 180,4 pontos. Apesar de ser sua primeira participação em Jogos Olímpicos, Wu era bem cotado para beliscar uma medalha. Ele conquistou o ouro nos últimos Jogos Pan-Americano, em Toronto, em 2015. Neste ano, venceu duas etapas da Copa do Mundo de tiro esportivo, Bangcoc, em março, e Baku, em junho. O estudante de Engenharia Aeroespacial também possui duas medalhas de ouro nos Jogos Sul-Americanos de 2010 e 2014. Até a conquista de Wu neste sábado, o Brasil tinha apenas três pódios no tiro esportivo. Todos foram em 1920, quando Guilherme Paraense conquistou na pistola rápida o primeiro ouro da história do esporte brasileiro, e Afrânio da Costa levou a prata na pistola livre e o bronze por equipes (com Afrânio, Paraense, Sebastião Wolf, Dario Barbosa e Fernando Soledade) na pistola livre. PV/efe/ots
TAGS