PUBLICIDADE
Notícias

Avião da Air France deixa de decolar por causa de roedor

12:41 | 28/08/2016
Uma avião da Air France que deveria fazer o trajeto entre Bamako e Paris na noite de sexta-feira não pôde decolar pela presença de um roedor, provavelmente um rato, informou a companhia neste domingo.
Caçar o animal levou horas, o que fez com que a tripulação do voo excedesse o número máximo de horas em serviço e a aeronave tivesse que permanecer em terra, explicou à AFP Christophe Paumier, porta-voz da companhia aérea.
A Air France não dispunha em Bamako de meios suficientes para que o avião decolasse no dia seguinte ao incidente, fazendo com que o voo atrasasse 48 horas, até a noite de domingo.
Os passageiros do voo AF373 foram hospedados em vários hotéis da capital do Mali, declarou o porta-voz da companhia, acrescentando que já havia sido ativado um procedimento para indenizar os viajantes.
A presença de roedores em aviões constitui um problema de segurança, já que os animais podem morder os cabos e danificar os sistemas eletrônicos da aeronave.
"A Air France lamenta os transtornos causado por este importante atraso e recorda que a segurança de seus clientes e de seu pessoal são sua prioridade", segundo um comunicado do grupo.


AFP
TAGS