PUBLICIDADE
Notícias

Atleta da Namíbia é preso por suspeita de crime sexual na Vila Olímpica

Jonas Junius, de 22 anos, é boxeador e lutaria na noite de quinta-feira, 11. Devido ao crime, ele deve ficar fora dos jogos

11:10 | 08/08/2016
NULL
NULL

Uma segunda denúncia de de crime sexual envolvendo um  atleta olímpico foi registrado no Rio. A vítima e o agressor também são uma camareira e um boxeador. Jonas Junius, da Namíbia, de 22 anos, foi preso após tentar beijar a mulher e lhe oferecer dinheiro em troca de relações sexuais.

Agentes do 42ª DP prenderam o pugilista após a camareira conseguir fugir do quarto e fazer a denúncia. Jonas foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu. Ele lutaria na quinta-feira na categoria médio ligeiro com o francês Hassan Anzille. Ele deve ficar fora das Olimpíadas.

O também boxeador Hassan Saada, marroquino de 22 anos, está detido em Bangu, após autuação por crime de estupro contra duas camareiras da Vila Olímpica. Apesar de a defesa do atleta ter solicitado um habeas corpus, este foi negado, e o desembargador Wilson do Nascimento Reis afirmou que nada foi encontrado para autorizar o dispositivo jurídico.

 

Redação O POVO Online

TAGS