PUBLICIDADE
Notícias

Veterinário americano dá a volta nos EUA com sua cadela em estágio terminal

Bella, de 9 anos, teve uma das patas amputadas por causa de um câncer nos ossos

09:00 | 14/07/2016

Robert Kugler, de Nebraska, decidiu levar sua cadela da raça labrador para viajar ao redor dos Estados Unidos. Adotada pelo veterinário da Marinha americana ainda filhote, Bella foi diagnosticada com câncer nos ossos e teve uma das patas amputadas. Apesar da medida, a doença tomou seus pulmões. O tempo de vida restante estimado de Bella era entre três e seis meses.

O diagnóstico foi recebido em novembro de 2015, e então, Robert passou a viajar pelo País com sua companheira. "É a mais bela relação que já tive com alguém. Não me importa que seja uma cadela", disse ele em entrevista à CNN. "Eu só não queria chegar em casa um dia e vê-la sem vida", completou. Robert tem feito registros de toda a viagem feita de carro em seu perfil do Instagram.

"Eu quero inspirar as pessoas a partir e viver. A amar uns aos outros pelo que somos e fazer amigos", afirmou o dono de Bella. A viagem também é registrada em um site, o RK-Life Illustraded. As imagens mais recentes no Instagram foram feitas em St. Petersburg, na Flórida. Bella já ultrapassou o tempo restante de vida estimado pelos médicos. Desde o diagnóstico, já se passaram oito meses.

 

[VIDEO1]

[VIDEO2]

[VIDEO3]

[VIDEO4]

[VIDEO5]

 

Redação O POVO Online

TAGS