PUBLICIDADE
Notícias

Muçulmanos vão a missas católicas na França em solidariedade a padre assassinado

13:00 | 31/07/2016
Em um gesto de solidariedade após a morte de um padre francês, muçulmanos foram a missas católicas neste domingo em igrejas e catedrais pela França.

Entre 100 e 200 muçulmanos se reuniram na catedral gótica de Ruão, há apenas alguns quilômetros de Saint-Etienne-du-Rouvray, onde o padre de 85 anos Jacques Hamel foi morto por dois adolescentes na terça-feira.

"Estamos muito sensibilizados", disse o arcebispo Dominique Lebrun à uma rede de TV local. "É um gesto importante de fraternidade. Eles nos disseram, e eu acredito que seja sincero, que não foi o Islã quem matou Jacques Hamel", concluiu.

Do lado de fora da igreja, um grupo de muçulmanos foi aplaudido quando levantou um cartaz com os seguintes dizeres: "Amor para todos. Ódio para ninguém".

Reuniões entre fiéis de diferentes religiões também ocorreram em outros locais da França, assim como na Itália. Na icônica catedral de Nontre Dame, em Paris, o reitor da Grande Mesquita de Paris, Dalil Boubakeur, afirmou que os muçulmanos querem viver em paz. Fonte: Associated Press.

TAGS