PUBLICIDADE
Notícias

Dez crianças e adolescentes estão entre os mortos de Nice

13:22 | 15/07/2016
Promotor confirma 84 mortes e diz que há 202 feridos, dos quais 52 em estado grave e 25 em tratamento intensivo. Motorista do caminhão é tunisiano sem histórico conhecido de radicalização. O atentado executado na noite desta quinta-feira (15/07) em Nice, no sul da França, por um homem de origem tunisiana, que avançou com um caminhão contra uma multidão, deixou 84 mortos, entres eles dez crianças e adolescente, afirmou o promotor responsável pelas investigações, François Molins. Segundo ele, 202 pessoas ficaram feridas, das quais 52 estão em estado grave e, destas, 25 em tratamento intensivo. Molins confirmou a identidade do motorista do caminhão. Trata-se de um tunisiano de 31 anos, morador de Nice, de nome Mohamed Lahouaiej Bouhlel. Ele é casado e pai de três filhos. Molins também confirmou que o caminhão havia sido alugado no dia 11 de julho e deveria ter sido devolvido no dia 13. Na altura do hotel Negresco, na avenida Promenade des Anglais, o motorista do caminhão disparou contra três policiais, que revidaram e o "neutralizaram", disse o promotor. Molins afirmou que os acontecimento estão em linha com os pedidos por atentados feitos por grupos terroristas e direcionados aos chamados lobos-solitários. O tunisino era totalmente desconhecido dos serviços de informações e nunca havia despertado atenção por ter se radicalizado, afirmou o promotor. As investigações vão determinar se ele tinha cúmplices ou ligações com organizações terroristas, disse Molins. AS/afp/rtr
TAGS