PUBLICIDADE
Notícias

Tiroteio mata duas pessoas em universidade em que seleção brasileira treinaria nos EUA

A seleção brasileira de futebol, que vai disputar a Copa América Centenário no país, tinha um treino programado às 17h (21h na Capital do País) na universidade, mas o treino foi transferido

20:20 | 01/06/2016
NULL
NULL

Duas pessoas morreram nesta quarta-feira, 1º de junho, após um tiroteio na Universidade da California em Los Angeles. Os disparos ocorreram por volta das 10h (14h no horário de Brasília).

A seleção brasileira de futebol, que vai disputar a Copa América Centenário nos Estados Unidos, tinha um treino programado às 17h (21h na Capital do País) na universidade, mas o treino foi transferido.

Segundo a assessoria de imprensa da seleção, não havia atletas brasileiros no local no momento do incidente.

Em nota, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou que o treino da equipe brasileira foi transferido e antecipado para às 16h locais. Em vez de treinar na universidade, os jogadores tiveram uma atividade comandanda pelo técnico Dunga no StubHub Center.

Após os tiros, a Universidade da Califórnia foi fechada para inspeção e, aos poucos, os alunos foram sendo liberados. As aulas serão retomadas na quinta-feira, 2. De acordo com o chefe da Polícia de Los Angeles, James Herren, o caso está sendo tratado com assassinato, seguido de suicidio. As vítimas são do sexo masculino. No local dos disparos foi encontrada uma arma.

Agência Brasil

TAGS