PUBLICIDADE
Notícias

Apoio à União Europeia cai nos países do bloco

08:45 | 08/06/2016
Pesquisa em dez países da UE revela insatisfação dos europeus com políticas econômica e migratória de Bruxelas. A maioria dos europeus, entretanto, quer evitar a saída do Reino Unido do bloco das 28 nações. Levantamento realizado pelo Centro Pew de Pesquisas, divulgado nesta terça-feira (07/06), indica que o apoio à União Europeia enquanto instituição caiu em diversos países que integram o bloco de 28 nações. Segundo o estudo, 48% dos eleitores britânicos são desfavoráveis sobre a UE, enquanto 44% disseram ser a favor. Os números são semelhantes aos de pesquisas de opinião divulgadas recentemente no Reino Unido, onde, no referendo de 23 de junho, os eleitores decidirão sobre a permanência ou não do país no bloco europeu. Os dados apontam que também nos demais países do continente, o projeto da União Europeia vem perdendo respaldo. Na França, a popularidade da UE caiu 17% em um ano, chegando a 38%. Apenas a Grécia, que sofre com as medidas de austeridade impostas por Bruxelas, é mais desfavorável ao bloco do que a França. Na Espanha, os índices favoráveis caíram 16 pontos percentuais, ficando 47%, na Alemanha, os atuais 50% representam uma queda de 8 pontos percentuais. Segundo o Pew, grande parte da insatisfação dos europeus advém da forma como Bruxelas lida com a crise dos refugiados, reprovada em todos os países onde o estudo foi realizado. Na Grécia, sobrecarregada pelo grande número de migrantes que chega através da Turquia, 94% consideram equivocadas as políticas européias para os refugiados. A rejeição também é bastante alta na Suécia (88%), Itália (77%) e Espanha (75%) O país que mais desaprova as políticas econômicas da UE é a Grécia (92%), seguida da Itália (68%) e da França (66%). Maioria dos europeus quer evitar Brexit Entre os países que demonstraram maior apoio à União Europeia estão a Polônia (72%) e a Hungria (61%) que, ironicamente, possuem dois dos governos mais eurocéticos em todo o bloco. Os eleitores mais jovens e os adeptos de partidos de esquerda são, de modo geral, os mais favoráveis à UE. Do outro lado estão os mais idosos ou os que apoiam os populistas de direita, atualmente em ascensão em muitos países europeus. Mas, apesar do aumento do euroceticismo, a maioria dos eleitores europeus em nove países deseja a permanência do Reino Unido. Na Suécia, esse total é de 89%. Também na Holanda (75%) e na Alemanha (74%), um grande número de eleitores quer evitar o chamado Brexit. Os pesquisadores entrevistaram eleitores em dez Estados europeus: Reino Unido, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Itália, Holanda, Polônia, Espanha e Suécia. RC/rtr/afp
TAGS