PUBLICIDADE
Notícias

Papa pede a médicos que rezem para que ele seja 'cada dia mais pobre'

O pontífice também felicitou os voluntários desta associação, afirmando que passavam a imagem de uma Igreja "que não é uma 'super clínica para (gente) VIP', mas um 'hospital de campanha'"

12:42 | 07/05/2016
NULL
NULL

O papa Francisco, cujo estilo de vida modesto é bem conhecido, pediu neste sábado a médicos e voluntários na África que rezem para que ele seja "cada dia mais pobre".

"Peço a vocês, por favor, que também rezem por mim. Para que o Senhor me torne cada dia mais pobre", disse ao receber no Vaticano os membros da associação "Médicos com a África".

O Papa argentino denunciou em seu discurso "as periferias geográficas" do mundo, referindo-se "aos países pobres do continente africano".

"Na África, muitas mães morrem durante o parto e muitas crianças não superam seu primeiro mês de vida devido à desnutrição e às grandes endemias", lamentou o pontífice.

Também felicitou os voluntários desta associação, afirmando que passavam a imagem de uma Igreja "que não é uma 'super clínica para (gente) VIP', mas um 'hospital de campanha'".

Esta ONG atua há mais de 60 anos em vários dos países mais pobres da África, como Moçambique, Etiópia, Angola ou serra Leoa.

 AFP

TAGS