PUBLICIDADE
Notícias

Comunidade da Suíça prefere pagar R$ 1 milhão do que receber refugiados

O governo abriu um referendo sobre a recepção dos asilados vindo da Síria. Cerca de 52% da população votou ''não'' ao projeto

18:23 | 30/05/2016
NULL
NULL
A situação dos refugiados na Europa não sensibilizou uma das populações mais ricas do continente europeu. O povoado de Oberwil-Lieli, na Suiça, preferiu pagar uma multa no valor de 200 mil libras, equivalente a R$ 1 milhão, do que receber dez refugiados. O governo abriu um referendo sobre a recepção dos asilados vindo da Síria. Cerca de 52% da população votou “não” ao projeto. A vila de 2.200 habitantes reúne 300 milionários.
 
 
“Não os queremos aqui. É simples assim. Trabalhamos duro a vida toda e temos um belo povoado, e não queremos isso destruído”, afirmou um morador ao jornal “Mail Online”. A proposta do governo suíço visava cumprir com o acordo de receber 50 mil refugiados. Para Steve Symonds, do Programa de Refugiados da Anistia Internacional no Reino Unido, os países ricos devem compartilhar “a responsabilidade com os menos abastados”.
 
O prefeito de Oberwil-Lieli disse que a decisão não tratava-se de racismo, mas pode atrair outros refugiados. “Dinheiro pode ser enviado para ajudá-los, mas trazê-los para cá passa a mensagem errada. Outros virão e vão arriscar suas vidas cruzando o oceano”, declarou. 
 
Redação O POVO Online 
TAGS