PUBLICIDADE
Notícias

Premiê malaio é alvo de processo por suposto bloqueio de investigação

11:30 | 23/03/2016
O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, tornou-se alvo de um processo judicial, por ter supostamente obstruído uma investigação sobre a gestão de centenas de milhões de dólares de um fundo de investimento estatal. O mesmo inquérito apurava a possível transferência de recursos para contas pessoais de Najib.

O processo civil, que foi aberto hoje pelo ex-premiê malaio Mahathir Mohamad, busca indenização de cerca de US$ 700 milhões.

As suspeitas giram em torno do fundo 1Malaysia Development Bhd, ou 1MDB, que foi criado em 2009 para investimentos em projetos estratégicos.

O gabinete de Najib não se pronunciou sobre o processo, mas um comunicado do Ministério de Comunicação e Mídia da Malásia acusou Mahathir, que serviu como premiê por 22 anos, de "estar apelando a tudo" numa tentativa de forçar a renúncia de Najib.

A pressão sobre Najib cresceu desde que o Wall Street Journal noticiou, no ano passado, que investigadores do governo malaio haviam descoberto que milhões de dólares foram depositados em contas do primeiro-ministro por meio de bancos, empresas e outras entidades ligadas ao 1MDB.

Najib nega que tenha cometido qualquer irregularidade. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS