PUBLICIDADE
Notícias

Otan, Turquia e Grécia chegam a acordo sobre monitoramento de refugiados

15:40 | 06/03/2016
A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) anunciou que seus comandantes militares chegaram a um acordo com a Turquia e com a Grécia sobre a área de operações para que uma missão monitore o fluxo de refugiados que tentam atravessar o Mar Egeu.

A Otan decidiu começar a missão de monitoramento e a deter migrantes cruzando a região quando ministros de defesa se encontraram em Bruxelas em 11 de fevereiro. A finalização dos detalhes operacionais tem sido difícil, porém, com a Turquia levantando questões técnicas e objeções, de acordo com oficiais.

O acordo deste domingo vai permitir à Otan não apenas operar em águas internacionais, mas também ir até águas territoriais da Grécia e da Turquia. Autoridades da Otan haviam dito que a expansão para essas águas territoriais era crucial para o monitoramento das rotas mais comuns usadas pelos imigrantes.

Segundo a organização Médicos Sem Fronteiras, mais 19 pessoas morreram neste domingo tentando atravessar o Mar Egeu em direção à Grécia.

A Otan considerou que o acordo deste domingo é significativo e vai permitir que as embarcações lideradas pela Alemanha se dediquem às áreas mais afetadas do Egeu.

Não está claro ainda quão eficiente a missão será em limitar a travessia daqueles que buscam asilo. As embarcações da Otan devem a princípio se concentrar em monitorar os barcos de imigrantes e enviar informações para as guardas costeiras da Grécia e da Turquia. A Otan não tem como missão principal a interceptação desses barcos, embora deva resgatar refugiados cujas embarcações estejam sob risco de afundar e devolver esses refugiados à costa da Turquia.

A Otan e a agência de controle de fronteiras da União Europeia Frontex concordaram ainda em trocar informações. Como parte do acordo, a Otan e a Frontex vão trocar agentes e compartilhar informações sobre grupos que estejam fazendo a travessia.

"É uma expansão da área de operação assim como uma expansão da troca de informações, disse Oana Lungescu, porta-voz da Otan.

O acordo ocorre pouco antes da esperada visita do primeiro-ministro turco Ahmet Davutoglu à Otan na segunda-feira. Ele deve se encontrar com o secretário-geral Jens Stoltenberg. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS