PUBLICIDADE
Notícias

Novo presidente de Portugal pede prudência e crescimento após a crise

16:00 | 09/03/2016
O novo presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, fez um apelo para que o governo aprove um orçamento prudente para que o país possa criar empregos e crescimento.

Souza, foi conduzido ao cargo nesta quarta-feira, após vencer as eleições em janeiro. O político de centro-direita é professor de Direito e se tornou uma personalidade de televisão importante nos últimos anos, mas nunca havia exercido um cargo no Executivo.

Em seu discurso, ele afirmou que Portugal precisa curar as feridas políticas e sociais abertas pelos sacrifícios feitos pelos portugueses após o programa de resgate financeiro de 78 bilhões de euros, assinado em 2011, e que exigiu anos de austeridade por parte do governo. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS