PUBLICIDADE
Notícias

Estudo comprova a falta de representatividade em Hollywood

A pesquisa analisou 320 filmes de maiores bilheterias dos últimos 15 anos

18:30 | 01/03/2016
NULL
NULL

Dos indicados ao Oscar 2016, nenhum ator negro foi indicado, causando pelo segundo ano consecutivo polêmicas acerca da falta de representatividade na cerimônia. Diante da discussão, um estudo realizado pela área de Business Intelligence (BI) da A2ad comprova que se a indústria cinematográfica americana fosse uma pessoa, seria branca e do sexo masculino. A pesquisa analisou 320 filmes de maiores bilheterias dos últimos 15 anos.

Do total das produções analisadas, cerca de 80% delas são representadas por homens, correspondendo 436 atores de 640. Enquanto as mulheres representam 20%, com 204 artistas. Já no perfil étnico, 89% do elenco cinematográfico são brancos. Os negros e os asiáticos/latinos correspondem 6% e 5% respectivamente.

Em contrapartida, o ator campeão de bilheteria é o ator negro e norte-americano Will Smith com oitos filmes campeões de bilheteria, na qual arrecadou cerca de 1,6 bilhão de dólares

Segundo a pesquisa dos atores indicados ao Oscar em papeis principais ou coadjuvantes, 85% são brancos e 63% são homens.

 

Confira o infográfico aqui.

Redação O POVO Online

TAGS