PUBLICIDADE
Notícias

Em protesto a ação de Obama, Venezuela convoca diplomata em Washington

00:20 | 10/03/2016
O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, anunciou que o mais alto diplomata venezuelano em Washington está sendo convocado para voltar a Caracas em protesto à decisão do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de renovar um decreto impondo sanções a várias autoridades do país sul-americano.

Os dois países não trocam embaixadores desde 2010, e Maximilien Sanchez Arvelaiz tem sido o responsável por mediar as relações da Venezuela com os EUA em Washington.

Em um discurso televisionado nesta quarta-feira, Maduro afirmou que Arvelaiz seria convocado. "Chega de arrogância", disse.

Em março de 2015, Obama impôs sanções a sete autoridades venezuelanas, acusadas de violação dos direitos humanos e corrupção no país. Os acusados foram responsáveis pela repressão dos protestos contra o governo em 2014. Fonte: Associated Press.

TAGS