PUBLICIDADE
Notícias

Avião egípcio é sequestrado e desviado para o Chipre

04:42 | 29/03/2016
Voo da EgyptAir foi sequestrado por homem que diz portar cinto com explosivos e pousou no Chipre. Maioria dos ocupantes da aeronave foi libertada. Sequestrador teria pedido a libertação de prisioneiros no Egito. O Ministério da Aviação Civil do Egito confirmou nesta terça-feira (29/03) o sequestro de um avião da companhia EgyptAir, que decolou de Alexandria com destino ao Cairo. O voo 181, com pelo menos 60 pessoas a bordo, foi desviado de sua rota e pousou em Lárnaca, na ilha de Chipre, por um passageiro vestindo um cinto que diz conter explosivos. Foram divulgadas diferentes versões sobre o nome do sequestrador. O Ministério do Exterior do Chipre o identificou como Seif Eldin Mustafa. Já a agência estatal de notícias do Egito Mena havia divulgado que ele seria o egípcio Ibrahim Samaha, um professor de veterinária na Universidade de Alexandria. A agência Reuters citou testemunhas que teriam visto o sequestrador jogar da janela do avião uma carta escrita em árabe no pátio do aeroporto, pedindo que fosse entregue a sua ex-mulher, que vive no Chipre. Ele teria também pedido asilo no país. De acordo com três emissoras de TV do Chipre, o sequestrador reivindica na carta a libertação de presos no Egito. Segundo a emissora CYBC, o sequestrador libertou quase todos os passageiros do voo, menos a tripulação e quatro estrangeiros, segundo a mídia local. De acordo com a polícia, às 08h30 (hora local) a torre de controle do aeroporto informou à polícia que um avião proveniente do Egito havia sido sequestrado. A aeronave pousou cerca de 20 minutos mais tarde no aeroporto de Lárnaca. A polícia cipriota está no mais alto nível de alerta, e o ministro da Ordem Pública, Ionas Nikolaou, convocou uma reunião de emergência. MD/efe/dpa
TAGS